Canhões de rega, enroladores de polietileno

Categorias: Novos produtos

canhões de rega

Os canhões de rega ou enroladores de rega são máquinas hidráulicas automotoras que se adaptam facilmente a qualquer geometria da parcela a regar.

O diâmetro de tubagem em milímetros oscila entre os 82 e os 160, e o comprimento da mangueira entre 160 a 500 metros. Caudal de rega até 160 m3/hora, que permite regar por franjas até 125 metros de largura. Com e sem programador.

A velocidade de enrolamento é regulável conforme a milimetragem desejada. São facilmente transportáveis até uma nova posição de rega ou até uma nova parcela a regar.

Turbina: os canhões de rega têm uma turbina tipo Francis de excelente rendimento e baixa perda de pressão. Tem um by-pass incorporado que regula a entrada de água na turbina, para variar a velocidade, e um manómetro em aço inoxidável em banho de glicerina para controlar a pressão.

Unidade de tracção: Juntamente com a caixa redutora em banho de óleo de quatro ou três velocidades (conforme o modelo) formam uma unidade compacta de tracção eliminando correias e roldanas. O comando da bobina faz-se através de uma robusta coroa encostada ao mesmo e corrente de cilindros reforçada. Conta também com uma lingueta anti-retorno, desengate automático uniforme em todo o percurso e dispositivo compensador de velocidade para uma aplicação uniforme.

Estrutura do chassis e bobina: Toda a estrutura do enrolador de rega é construída com chapa de aço SAE 1020 estampada e com espessuras de acordo com as necessidades. Bobina suportada por rolamentos de fecho hermético de grandes dimensões. Mangueira de polietileno de alta qualidade para resistir a fortes tracções e máximas pressões de trabalho.

Tubo de disparo: De robusta construção tubular, tem macaco mecânico ou hidráulico, assim como as rodas, conforme os modelos.

Pernas de apoio: Todos os equipamentos possuem também pés de ancoragem com accionamento hidráulico, com chave selectora e mangueiras com junções rápidas ao tractor.

Aro giratório: Têm um aro giratório com dupla fileira de bolas e de generosas dimensões entre o chassis e a base de apoio, nos equipamentos de tambor com assentamento, o que possibilita uma mudança de posição simples e fácil.

Carrinho porta-canhão: Totalmente galvanizado por imersão a quente, de 2 a 4 rodas, o que permite variar a largura no caso dos sulcos, se existirem. Tem uma junção rápida com tampão para um esvaziamento rápido da mangueira. Tem também dois contrapesos para maior estabilidade.

Canhão aspersor: O aspersor é um canhão sectorial para grandes caudais e máximo rendimento, de primeira marca, e inclui um conjunto de agulhetas para os diferentes caudais e raios de alcance. O suporte de ajuste da pá permite estabelecer a velocidade de rotação conforme o tamanho da agulheta e dependendo da pressão de trabalho.

Barras de aspersão: Barras nebulizadoras em substituição do canhão aspersor, para criar uma chuva fina, idónea para cultivos em fase de nascença. Vários comprimentos: de 13 a 44 metros.

Deixe uma resposta