Irrigação gota a gota com Pivot

Categorias: Rega pivot

rega mediante gotejamento con pivotFoi desenvolvido um novo sistema de rega que combina a simplicidade da rega mediante gotejamento com o deslocamento contínuo do Pivot. Consiste numa série de condutas com mangueiras de gotejamento colocadas ao longo do sistema aproveitando as saídas do cano principal e que se vão arrastando entre a cultura à velocidade em que se desloca o Pivot. Combina a eficiência da rega gota-a-gota (próxima a 95 %) com a flexibilidade e os baixos custos de investimento por hectare associados à rega mediante Pivot central.

Este sistema oferece duas vantagens:

  • Eficiência no uso da água.
  • As pegadas da roda vão sempre por terreno seco.

Este design elimina a evaporação e as perdas por efeito do vento, um problema comum na rega por aspersão. Supõe uma poupança de água para zonas que sofrem déficit de rega. Com este sistema, as mangueiras de gotejamento aplicam a água por trás das rodas, de forma que caminham sempre por terreno seco.

O sistema substitui as boquilhas por mangueiras de gotejamento arrastadas por um Pivot central ou um sistema lateral. À medida que as mangueiras se deslocam pelo campo, os emissores distribuem a água mediante um padrão uniforme.

Este sistema é adequado para as verduras, uma vez que ao regar a nível superficial evitam doenças ou danos na planta.

Melhorando a fertirrigação e a rega, com este sistema poderia incrementar-se a produtividade mais de 70%.

Em quintas com orografia difícil, a rega localizada reduz os problemas de zonas encharcadas em cotas baixas, ou de zonas secas em pequenas lombadas. Este sistema minimiza o problema da rega circular que supõe menor aplicação de água quando as torres avançam seguindo o ritmo da última torre e maior aplicação nas áreas de espera, quando as secções esperam a desalinhação da secção anterior para continuar a avançar.

2 comentários em "Irrigação gota a gota com Pivot"

  1. Domingos Leal Ribeiro
    Domingos Leal Ribeiro Publicado em 11/08/2017 às 3:02 pm

    Este sistema de rega talvez não seja o mais adequado em Cabo Verde, devido às inclinações existentes. De qualquer modo, estou muito interessado em aprender como seria a conversão para este método, partindo de um Pivot.

  2. Traxco
    Traxco Publicado em 15/08/2017 às 12:17 pm

    A transformação é tão simples como a substituição dos drops por linhas de gotejamento nas máquinas, tendo em conta que a separação entre linhas de gotejamento é inferior, e seria necessário habilitar várias linhas de gotejamento por cada saída. O custo standard para converter um sistema existente ronda os 26 000 € por cada 65 hectares regados. Embora o custo possa ser superior, porque é recomendável investir num sistema de filtração adequado.

Deixe uma resposta