Rodas e trilhos de rodas em rega mecanizada

Categorias: Rega pivot

rodas tipo andador contra os trilhos profundos

Quando o terreno for duro, a rega mecanizada não ocasiona problemas de trilhos de rodas, mesmo com uma roda standard é suficiente. É suficiente comprovar que os parafusos das rodas estão apertados e controlar a pressão dos pneus.

Em terrenos argilosos, a intensidade de rega propícia a formação dos trilhos. Quando um sistema Pivot funciona sobre uns trilhos de rodas profundos, geram-se problemas de entupimento, desalinhação ou desgaste do trem de transmissão e até danos na sua estrutura, cano e demais acessórios.

Também não é conveniente que as rodas das torres atravessem obstáculos, bordas ou sulcos perpendiculares ao seu percurso. Os sulcos na terra que existam devem ser paralelos à linha descrita pela rodeira. Os pneus devem ter sempre a pressão de ar recomendada e reparar imediatamente a perda de ar ou furo que se detetar.

Soluções contra os trilhos profundos

Rodas de alta flutuação ou super alta flutuação podem ser a solução para reduzir o afundamento das roderas. Sistemas mais inovadores como as rodas de polietileno ou as rodas tipo andador também podem minimizar o problema.

Todas as vezes que se originem rodeiras demasiado profundas, deverão ser recheadas até conseguir o seu nivelamento com o terreno, bem manualmente ou com o braço apaga sulcos. Após ter realizado o reinchimento ou reparação do sulco, deve deslocar-se por ela o sistema a seco a 100% de velocidade para assentar de novo a pegada.

Nos sistemas lineares, o carro, que é parte importante no deslocamento e na alinhação da máquina, precisa de um caminho uniforme e sem desníveis, não devendo atravessar obstáculo algum, borda ou sulco perpendicular no seu percurso, uma vez que o movimento de subida e baixada do carro produziria desgaste.

Os sulcos na terra perpendiculares aos trilhos, podem produzir encharcamentos contínuos nas pegadas das rodas dificultando o deslocamento.

Deixe uma resposta