Influência do pH do solo

Categorias: Rega por aspersão


A escolha de uma cultura depende do pH do solo

equipamentos para o controlo do pH

Se o pH do solo / substrato for inadequado, a colheita pode diminuir até tal ponto que não seja interessante manter a cultura. Além disso, deve ter-se em conta que existem águas cujo teor em carbonato ou bicarbonato pode ser muito elevado (águas alcalinas); o seu emprego, sob rega por aspersão, pode acarretar problemas importantes se previamente no foram correctamente aciduladas. De tudo isto se deriva a importância que tem conhecer o pH do solo/substrato, o pH da água de rega ou o pH da dissolução nutritiva que utilizamos em fertirrigação.

É aconselhável dispor de equipamentos (sondas) que nos indiquem de forma directa o pH.

pH dos fertilizantes dissolvidos em água

Alguns fertilizantes utilizados em fertirrigação (MAP, MKP, ácido fosfórico, ácido nítrico e sulfato de amónio) tendem a acidificar a água de rega; outros (nitrato potássico, nitrato cálcico, nitrato magnésico e sulfato potássico), pelo contrário, tendem a alcalinizá-la; daí a necessidade de conhecer a reacção dos fertilizantes e as suas misturas uma vez dissolvidos na água de rega para evitar perdas de colheita (em quantidade ou qualidade) e perda de nutrientes devido à formação de precipitados: Perda de cálcio e magnésio como carbonato cálcico ou magnésico; de enxofre como sulfato cálcico; de fósforo como fosfato cálcico e de ferro como sulfato de ferro.

Concentração de bicarbonato e ajuste do pH

A concentração de bicarbonato no meio de cultura joga um papel fundamental para estabilizar o pH do meio, a partir do qual as raízes extraem os nutrientes. A dissolução nutritiva aplicada deveria manter uma concentração de bicarbonato compreendida entre 1.0 e 1.5 mM na água da rega. O bicarbonato sobrante deve ser eliminado mediante a adição de ácido fosfórico, nítrico ou sulfúrico.

Considerações práticas relacionadas com o controlo do pH

A absorção óptima de nutrientes pela maior parte das plantas cultivadas é produzida quando o pH do meio de cultura se encontra compreendido em 5.5 e 6.5

Quando o pH do âmbito radicular da cultura for superior a 6.5, podem apresentar-se problemas relacionados com a solubilidade de alguns nutrientes e de forma muito particular com alguns micro nutrientes. Com um pH inferior a 5.5, a absorção de fósforo reduz-se, o que pode conduzir à aparição de sintomas carenciais. Como consequência de um pH inadequado, as raízes das culturas podem resultar severamente deterioradas antes que a cultura mostre sintomas carenciais. Tanto se o pH do meio de cultura é inadequado, por alto (solos alcalinos) ou por baixo (solos ácidos), a quantidade e a qualidade das colheitas podem ver-se seriamente afectadas.

Compre já medidor pH

Deixe uma resposta