Rega inteligente com Pivots autónomos

rega inteligenteEmpresas dos Estados Unidos estão atrabalhar para tornar os Pivots em máquinas de cultura autónomas, de rega inteligente. Incorporam câmaras e sensores para que os equipamentos associados ao Pivot eliminem as ervas daninhas, adubem e detetem todo o tipo de doenças.

As ideias brilhantes desenvolvidas em Silicon Valley, com frequência necessitam um parceiro afiançado no setor agrícola. Como por exemplo, a aliança entre uma startup israelita e um fabricante de Pivots americano. Esta parceria, permitirá transformar os grandes Pivots de aço galvanizado em robôs autónomos de rega inteligente que alertem os produtores sobre os problemas da cultura, quando arrancam ervas daninhas e adubam conformefor necessário.

Com estas inovações, o Pivot pode administrar-se sozinho

A ideia de tornar os Pivots em máquinas de cultura autónomas a partir do fluxo de dados, começo unas estufas. Observou-se a natureza caótica das culturas em um ambiente mais controlado, depois começaram a construir-se sistemas baseados em dados para solucionar o caos, focando-se no controlo climático, o solo e outras variáveis do efeito estufa. Na atualidade, a companhia ajuda centenas de estufas a poupar água e a administrar o rendimento da planta a través da rega inteligente e autónoma.

Mais tarde, a companhia procurou um campo de atuação maior para a sua tecnologia, a cultura extensiva, e centrou-se na rega Pivot. Utilizando imagens das culturas obtidas mediante drones, satélites e câmaras instaladas no próprio Pivot, este sistema alerta os agricultores sobre possíveis doenças ou problemas de insetos. Os Pivots otimizarão a rega e, com sistemas complementares, a aplicação de fertilizantes e pesticidas.

Uma vez preparada a companhia para lançar este serviço ao mercado, estabeleceu uma parceria com um fabricante americano de Pivots que já tinha milhares de máquinas conectadas. Este fabricante tinha desenvolvido previamente uma tecnologia que conecta os Pivots ànuvem e que permite aos agricultores monitorizar e controlar as suas máquinas de qualquer lugar.

Uma parte forneceu o seu conhecimento da indústria e dos Pivots e como trabalhar com os produtores. A outra parte contribuiu com aaprendizagem automática e a inteligência artificial.

Como funciona este sistema de rega inteligente?

Este sistema deteta problemas mecânicos e agronómicos ao observar imagens dos drones, dos satélites e dos sensores e das câmaras do próprio Pivot.

Deteta o mais mínimo problema, como por exemplo, que uma boquilha necessita ser substituída. No lado agronómico, pode detetar parcelas onde há problemas e alertar o produtor. É um explorador virtual de culturas. O Pivot permite a verificação do terreno com grande precisão.

Proximamente, a companhia espera otimizar  arega examinando os planos da cultura e o stress da planta para proporcionar a solução mais eficiente a través da rega inteligente. Isso será feito com taxa variável de: água, fertilizantes e produtos químicos, a través das boquilhas de rega. Com o Pivot sensorizado, pode perceber-se o que se está a passar, analisa-se e depois atua-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Nós usamos cookies para proporcionar uma melhor experiência de navegação. Você pode obter mais informações aqui, Ao continuar a visitar este website, concorda implicitamente com o uso de cookies.

ACEPTAR
Aviso de cookies